Maia pretende votar Reforma da Previdência até início de setembro

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou, em entrevista à rádio CBN nesta segunda-feira (7), que quer votar a Reforma da Previdência até o início de setembro. Segundo ele, é preciso que o Plenário aprove o quanto antes a mesma proposta que saiu da comissão especial, que estabelece idade mínima para aposentadoria pelo INSS de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres, além da exigência de pelo menos 25 anos de tempo de contribuição.

“Na minha agenda, a Câmara precisa estar votando essa matéria em setembro, a gente precisa estar pronto para votar a partir do início de setembro. E eu espero que a gente esteja com a base organizada já no final de agosto para que a gente consiga avançar nessa votação que é decisiva para o Brasil”, declarou.

De acordo com a última contabilidade feita pela liderança governista, logo após a aprovação do parecer na comissão especial, em maio, Temer tinha 290 votos favoráveis à reforma. No entanto, na votação em Plenário do parecer que pedia o arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer, na última quarta-feira (2), o governo teve o apoio de 263 deputados, 45 a menos do mínimo necessário para aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que precisa de, no mínimo, 308 votos favoráveis para seguir para análise do Senado.

Apesar da pressão do governo, parlamentares da Oposição têm defendido que os governistas continuam sem os votos para aprovar a matéria.

De acordo com Maia, na próxima semana deverão ser convidados economistas renomados para apresentar números da Previdência para os deputados de partidos governistas na expectativa de reverter os números.

Do Portal Vermelho, com agências

Leave a Response