Estudantes do Itapoã recebem bicicletas para facilitar trajeto até escola

1381583_619977054731850_595948776_nO Governo do Distrito Federal entregou hoje (16) mil bicicletas para estudantes do Centro de Ensino Fundamental Zilda Arns, em Itapoã, ação que é parte do programa Caminho da Escola, que facilita o trajeto até a instituição escolar. Os estudantes do ensino fundamental, médio e da educação de jovens e adultos da escola também receberão capacetes.

“A bicicleta é um meio extremamente saudável de transporte. O rendimento escolar será maior e vamos dispensar um transporte que polui”, afirmou o governador Agnelo Queiroz, durante entrega dos equipamentos.
Todos os alunos do 6º ao 8º ano Centro de Ensino Fundamental Zilda Arns que solicitaram a bicicleta, foram atendidos.
O programa do GDF seleciona, através da Secretaria de Educação, áreas de vulnerabilidade social e as escolas a serem atendidas. Os alunos que tiverem pelo menos 14 anos e aderirem ao programa, recebem as bicicletas.
“Estamos substituindo a caminhada de longa distância com um instrumento que vai facilitar a mobilidade. Houve um processo de adesão, toda a demanda da escola foi atendida”, completou o secretário de Educação, Marcelo Aguiar.
ENTREGAS – Por meio do programa, o governo já adquiriu 2.992 bicicletas e, além das distribuídas hoje, entregou 625 – 300 no Recanto das Emas e 325 no Paranoá. Para 2014, meta é distribuir 12 mil bicicletas.
Os equipamentos são comprados com recursos da Secretaria de Educação do DF e financiadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), GDF e Ministério da Educação (MEC).
“Estamos valorizando o aluno para que não haja defasagem escolar”, ressaltou o administrador do Itapoã, Paulo Gonzaga.
Os próximos beneficiados serão os estudantes de Samambaia, com a entrega de 1.367 bicicletas.
As regiões onde são distribuídos os veículos são definidas pelo ranking de Territórios de Vulnerabilidade Social, realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest).
Por: Beatriz Ferrari, da Agência Brasília
Fonte: Agência Brasília

Leave a Response