Mais 385 estudantes embarcam para Washington pelo Brasília Sem Fronteiras

Foto:Dênio Simões/GDF
Foto:Dênio Simões/GDF

Viagem está marcada para este sábado (12)

BRASÍLIA (10/7/14) – Neste sábado (12), 385 estudantes e 21 monitores embarcam para Washington (Estados Unidos), onde ficarão por 30 dias, pelo programa o Brasília Sem Fronteiras. O encerramento do curso preparatório do projeto ocorreu nesta quinta-feira (10), quando também foi entregue o cartão pré-pago do Banco de Brasília (BRB), que disponibiliza US$ 150 dólares de bolsa semanal aos participantes.

 

“Por ser um curso de curta duração, a fase de adaptação é feita ainda aqui, com curso 80% realizado em língua estrangeira. Mostramos a questão comportamental e preparamos os alunos para falar sobre Brasília lá fora”, explicou o secretário de Assuntos Internacionais, Odilon Frazão, que passou aos estudantes conhecimentos sobre o posicionamento global da capital do país.

 

Os estudantes que seguem para os Estados Unidos no sábado terão cursos de Liderança em Gestão Pública e Empreendedorismo, na Universidade de Washington. Segundo Odilon Frazão, do total de alunos que viajam neste fim de semana, 335 são estudantes de Centros Interescolares de Línguas (CILs), e 50 são universitários de várias faculdades do DF. “O processo foi aberto para todas, mas 90% dos selecionados são da Universidade de Brasília”, frisou o secretário.

 

Os alunos que seguem viagem nesta edição do Brasília sem Fronteiras foram aprovados em processo seletivo aberto em abril deste ano. Eles fizeram uma prova de conhecimentos em história e economia do DF, inglês e atualidades, entre outras matérias. Depois, participaram de curso preparatório.

 

Durante a viagem, os estudantes serão divididos em 14 turmas, cada uma com aproximadamente 25 pessoas. Os grupos com jovens maiores de idade serão acompanhados por apenas um monitor. Já as equipes com menores de 18 anos serão observados por dois monitores. “Cada turma ganhou o nome de alguém que fez parte da criação de Brasília. Uma chama-se Athos Bulcão, outra, Marianne Peretti, e assim vai”, explicou Frazão.

 

PROGRAMA – A primeira edição do Brasília Sem Fronteiras ocorreu no final de 2013 e teve duração de quatro semanas. Na época, 126 estudantes dos CILs aprovados embarcaram para Washington. Em 2014, o programa foi ampliado. Ao todo, são 950 vagas voltadas para servidores públicos, estudantes universitários e de centros de línguas.

 

As próximas viagens estão marcadas para novembro e beneficiarão servidores públicos. Segundo o secretário de Assuntos Internacionais do DF, os destinos serão a Universidade de Krems, na Áustria, a Escola Nacional Francesa e a Universidade de Johns Hopkings, nos Estados Unidos.

 

(A.F/J.S*)

Leave a Response