CUT Brasília na luta pelo fim do Fator Previdenciário

Fonte: bancariosdf.com.br | Foto: Divulgação
Fonte: bancariosdf.com.br | Foto: Divulgação

 

A Central Única dos Trabalhadores (CUT), maior central sindical do país, da América Latina e 5ª maior do mundo, defende que uma vida inteira de dedicação e profissionalismo deve ser devidamente reconhecida. Por isso, a apreciação de um Projeto de Lei deve valorizar os trabalhadores, além de resolver definitivamente a injustiça do Fator Previdenciário, que causa prejuízo à classe trabalhadora reduzindo sua remuneração na hora da aposentadoria.

Herança do governo neoliberal de FHC, o Fator Previdenciário segue, até hoje, prejudicando os trabalhadores na hora da aposentadoria. Hoje, depois de muita luta, a Câmara poderá votar o substitutivo global que institui novas regras para a fórmula de cálculo de aposentadoria da classe trabalhadora.

A CUT e todos os seus sindicatos filiados defendem o fim do Fator Previdenciário, que nada mais é do que a redução do valor do benefício recebido pelo trabalhador. A Central não vai abrir mão da luta pela reparação desta injustiça histórica. Por isso, convoca toda a sociedade para se mobilizar em apoio à votação do tema e contra a possibilidade de veto presidencial.

A tentativa do governo de diminuir as contas públicas à custa dos salários dos aposentados não pode continuar. Junte-se a nós em mais essa luta em defesa dos direitos da classe trabalhadora.

Todo poder aos sindicatos! Somos fortes, somos CUT!

Leave a Response