Instituições já podem se inscrever para construção de cisternas

Fonte: secom.gov.br | Foto: Divulgação
Fonte: secom.gov.br | Foto: Divulgação

 

O Banco do Nordeste publicou no Diário Oficial da União, na última terça-feira (6), oseditais de seleção pública para instituições privadas sem fins lucrativos construírem cisternas para água de consumo humano ou tecnologias sociais de acesso à água para a produção de alimentos. Na segunda-feira (5), o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) assinou contrato de prestação de serviços com o banco, para a operação do programa Água para Todos, totalizando R$ 82,5 milhões.

Para a construção de cisternas estão previstos R$ 65 milhões para 28,5 mil unidades. Podem receber o equipamento famílias residentes na zona rural do Semiárido, com renda per capita de até meio salário mínimo ou, no caso dos idosos, renda total da família de até três salários mínimos. São priorizadas aquelas enquadradas nos critérios do programa Bolsa Família.
Já para as tecnologias sociais serão investidos R$ 17,5 milhões para a construção de 1,65 mil unidades. Só podem receber os equipamentos as famílias de baixa renda que já tenham sido beneficiadas com a construção de cisternas ou outra alternativa de acesso à água potável.

Ao todo, serão beneficiados 37 municípios localizados na Bahia, Ceará, Paraíba e norte de Minas Gerais. As instituições devem se inscrever no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv) – até a próxima segunda-feira (12).

Leave a Response